Dicas para não roer as unhas

Roer unhas, embora seja um costume extremamente comum na vida de algumas pessoas e pareça uma atitude inofensiva, na verdade é um hábito que pode se tornar um vício e, a partir daí, pode se transformar em um verdadeiro embaraço na vida, principalmente quando nós, mulheres, fazemos isso, pois é inevitável ficar constrangida com a aparência das unhas roídas.

Dicas para não roer as unhas

Pensando nisso, o Baú das DICAS reuniu algumas dicas supersimples, mas que podem te ajudar a não roer unhas. É fundamental que você coloque estes truques para não roer as unhas em prática, pois se não, futuramente, podem vir a desencadear alguns problemas, como infecções nas unhas.

Veja nossas dicas abaixo!

Como parar de roer as unhas

Para as mulheres, a melhor e principal dica que damos é que você se esforce ao máximo para manter as suas unhas sempre bonitas e caprichadas em cores ou decoração. Esmaltes pinks, vermelhos ou qualquer outra cor ou decoração que você goste nas suas unhas, pode te ajudar a vencer o hábito de levar o dedo na boca, já que por você perceber as unhas bem cuidadas, o desejo de estragá-las é minimizado consideravelmente.

Outra dica que pode servir tanto para mulheres quanto homens é usar esmaltes específicos para parar de roer as unhas, como aqueles de sabor amargo, que toda vez que você leva o dedo na boca, é horrível!

Os fortificantes de unhas também podem auxiliar a combater a mania de roer unhas. Um fortificante também é importante, pois você mantém as suas unhas mais firmes e evita que elas se quebrem e aquela vontadezinha de levar o dedo na boca volte.

Quando roer unhas é um problema

Ter uma mania simples de levar o dedo na boca até que é “comum” e com alguns meses seguindo as dicas acima, facilmente pode ser revertido o hábito. Porém, quem possui a compulsão de roer unhas até o ponto de sangrar, deixar a pele à mostra e entre outros, é importante procurar ajuda médica, já que este pode ser um sintoma de problemas mais sérios, como ansiedade, estresse, timidez, fobia social e demais transtornos emocionais.

Nestes casos, é essencial procurar um especialista, como psicólogo ou psiquiatra, para que ele possa te dar um diagnostico mais preciso, uma vez que o problema pode ser mais sério do que uma simples mania de roer unhas.

Gostou? COMPARTILHE!!

você pode gostar também
Comentários
Loading...