Atitudes que acabam com o relacionamento

Relacionar-se é o grande aprendizado que esta vida nos traz. Costumo dizer que só quando aprendermos a fazer isso sem dor, estaremos no caminho de conquistas espirituais maiores.

E o amor é o grande professor. É apenas com amor que conseguiremos vencer os entraves que desgastam muitos relacionamentos, já que a convivência com outro ainda é tão difícil.

Mas e por que conviver é tão difícil assim?

Porque somos diferentes e não sabemos lidar com as diferenças.

Porque somos egoístas e ainda não sabemos lidar com o egoísmo do outro.

Em síntese, ainda não conseguimos lidar com nossa própria escuridão, que dirá com a escuridão alheia.

Sim, pois todos temos nossas imperfeições e estas precisam ser trabalhadas para que um dia desapareçam.

E se você está lendo esse texto com a expectativa de encontrar dicas que ajudem a melhorar essa convivência, separei uma lista com algumas atitudes que acabam com qualquer relacionamento. E para que essa lista serve?

 

Para ajudá-l0 (a) a encontrar onde está o erro, pois assim será possível buscar as soluções:

Atitudes que acabam com o relacionamento

Depositar no outro a responsabilidade por sua felicidade

Não há nada mais cruel do que isso. Somente a você cabe a responsabilidade por sua felicidade. Nada nem ninguém o fará mais ou menos feliz.

E quando você faz isso com seu parceiro (a), coloca nos ombros dele um peso impossível de carregar. Pode parecer romântico, bonito. Mas não é saudável. O outro é um parceiro de vida, tão necessitado de ser feliz quanto você e se estão juntos é para aprenderem juntos.


Acreditar que se bastam

É muito comum ver casais criarem um mundo em torno de si mesmos. Amigos e familiares às vezes reclamam que se afastaram, ou aquela amiga diz “que depois que a amiga começou a namorar, perdeu a amizade”.

É natural que os amantes queiram passar o maior tempo possível juntos. Mas, repensem esse comportamento, pois todos precisam de privacidade. E antes de se conhecerem existia toda uma vida. Amigos, Hobbies, necessidades pessoais.

Uma hora ou outra um dos dois vai reclamar isso de volta. E aí? Alguém não vai aceitar e vai sair machucado.


Querer controlar a vida do seu parceiro

Dizer onde ele pode ir, o que pode fazer e com quem se relacionar pode parecer tentador e até natural, entretanto, essa atitude pode acabar pouco a pouco com o seu relacionamento. Se tem algo que ele faz que você não gosta, se expresse em um momento oportuno e de forma delicada e educada. Mas evite impor a sua vontade sobre a dele. Lembre-se que a vida é dele e que todos somos livres para ir e vir como bem entendemos. Deixe que ele decida o que fazer e se você reprovar todas as atitudes e companhias do gato, talvez seja o momento de rever se vale mesmo a pena continuar com alguém que só te desagrada.

Vale ressaltar que estas sugestões e dicas valem tanto para a mulher quanto para o homem. Assim como as mulheres devem prezar pelo relacionamento, os homens também devem fazer sua parte para manter o bem-estar na relação. Faça sua parte e encoraje o seu parceiro a agir da melhor maneira também. Desta forma, ambos se beneficiam de um relacionamento positivo e que pode gerar bons frutos na vida dos dois.


 

Deixar cair na rotina

Sempre ouvimos dizer e é a pura realidade, a rotina é um dos maiores inimigos de qualquer relacionamento. Quando você deixa que o namoro se torne a mesma coisa todos os dias, a tendência é que os dois enjoem e busquem por novas aventuras. Aquela história de tratar o relacionamento como uma plantinha é verdade, precisa regar todo dia, logo, criar momentos interessantes, dar uma apimentada na vida sexual, buscar novos programas para fazer, lugares para conhecer, enfim, essas atitudes são sempre super saudáveis em qualquer relacionamento.


 

Exigir que o outro mude

Algumas pessoas idealizam o par perfeito e quando começam a se relacionar tendem a impor (mesmo que de forma sutil) essa perfeição ao parceiro (a). Entenda, cada pessoa é um mundo, com seus defeitos, qualidades e sonhos.

Você entra na vida de outra pessoa e se ajusta. Não pense que tem o direito de entrar na vida do outro e mudá-lo. Você sequer dá conta de mudar a si mesmo! Não faça isso. É injusto e certamente levará esse relacionamento ao fim.

São apenas três atitudes. São três equívocos que infelizmente são muito comuns de se vê. Mas se você refletir em cada um, fizer uma reflexão em cima do que vive no seu namoro ou casamento, poderá identificar (ou não) esses comportamentos.

E se identificá-los, tente mudá-los. Sei que não é fácil, mas é possível se você realmente quiser.

.

você pode gostar também
Comentários
Loading...