Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou!!

É o que se ouve na conversa entre eles, gravada por um cabeleireiro da apresentadora durante o ataque sofrido por ela no último sábado, em um hotel de Belo Horizonte. Irredutível e aparentemente fora de si, Rodrigo Augusto de Pádua, o fã, acabou rendido e morto pelo cunhado de Ana, Gustavo Correa, irmão de seu marido, Alexandre. O áudio da tentativa de negociação foi ao ar na noite deste domingo, na TV Record, onde trabalha Ana. Ouça abaixo.

Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, abordou Gustavo Correa no corredor do hotel e, com uma arma apontada para a sua cabeça, o obrigou a levá-lo para o quarto da apresentadora, a quem acusou de lhe ter feito mal. “Não vou atirar em você, cara, você não fez nada contra mim. Ela fez!”, diz o fã a Correa, que depois entraria em um corpo a corpo com Rodrigo e o desarmaria. Ana, então, tenta acalmá-lo. “Mas eu posso consertar”, diz Ana, aparentando calma.

“Eu não vou matar ninguém. Eu não sou assassino”, continua o fã, que manda os três — Ana, Gustavo e sua mulher, Giovanna, que foi baleada, se sentarem de costas para ele. “Moço, se tem alguma coisa que eu fiz, me diga como que eu conserto isso”, insiste a apresentadora. “Eu sou um ser humano, cretina”, responde Rodrigo, ríspido. “Eu tenho coração. Eu te falei um milhão de vezes.” Ana Hickmann segue tentando dialogar: “Eu jamais partiria seu coração”.

Pouco depois, segundo Gustavo contou a VEJA SP, a apresentadora desmaiou no colo da cunhada, que é sua assessora. Nesse momento, Rodrigo avançou, atirando, e Gustavo entrou em luta corporal com ele. Quando ele conseguiu pegar a arma, Giovanna, que em algum ponto foi atingida no braço e no abdômen, e Ana, que já havia despertado, correram para fora do quarto. Gustavo disparou duas vezes contra a cabeça de Rodrigo.

.

você pode gostar também
Comentários
Loading...