Os protetores de animais gritaram, “Meu Deus do céu!”, quando viram este cão na praia.

Valerie Schomburg, da equipe de controle animal de Newport Beach, Califórnia (EUA), recebeu uma ligação dizendo que um cachorro estava vagando sozinho pela praia. Parecia que ele havia sido abandonado pelo dono.

Veja mais:

Quando eles encontraram Henry, um golden retriever, eles mal conseguiram acreditar no que viam: não só o cão de 8 anos estava claramente sozinho, como também tinha um tumor enorme no peito.

Os protetores de animais gritaram, “Meu Deus do céu!”, quando viram este cão na praia.YouTube/ Inside Edition

O tumor pesava 20kg e não se fazia ideia de quanto tempo Henry estava carregando isso com ele. A extensão de seus movimentos foi severamente impactada pelo caroço em sua barriga.

Os protetores de animais gritaram, “Meu Deus do céu!”, quando viram este cão na praia.YouTube/ Inside Edition

O tumor ia de suas patas dianteiras até as patas traseiras, e era difícil até para levantá-las.

Os protetores de animais gritaram, “Meu Deus do céu!”, quando viram este cão na praia.Facebook/ KTLA 5 News

Quando ele foi para os cuidados da organização de proteção animal, o desafio foi encontrar um veterinário capaz de remover aquele tumor gigantesco. Os riscos desta cirurgia eram maiores por causa da idade avançada de Henry. A maioria dos veterinários nunca haviam visto nada como a massa que estava no corpo do cão.

Os protetores de animais gritaram, “Meu Deus do céu!”, quando viram este cão na praia.YouTube/ Inside Edition

Mas os protetores foram firmes: eles queriam que Henry tivesse a vida mais normal possível. “Ele tinha tanto amor e vida dentro dele, e nós quisemos dar a ele mais uma chance.”, disse Valerie. Finalmente um veterinário concordou em fazer a cirurgia.

Os protetores de animais gritaram, “Meu Deus do céu!”, quando viram este cão na praia.Facebook/ KTLA 5 News

A operação foi financiada inteiramente por doações e, felizmente, foi um sucesso. Henry melhora a cada dia e seu tumor está passando por testes para saber se era cancerígeno ou não. Se for um tumor benigno, o cão já está pronto para ir pra uma nova família.

Aqui está a prova em vídeo, caso você não acredite que o tumor era real (em inglês):

Os detalhes de quem abandonou Henry são desconhecidos. Tudo o que podemos fazer é esperar que ele continue bem e viva muitos anos mais como um cachorro feliz e mais leve.

você pode gostar também
Comentários
Loading...