Mãe de 24 anos escreveu uma carta no Facebook para a nova namorada do seu ex. Ela tocou tantas pessoas, e bateu direto no coração.

Audrey Loving mora com sua filha, Riley, em Virginia, EUA. Ela e o pai de Riley se casaram muito jovens, mas se separaram logo depois do nascimento da filha, que agora tem quatro anos. Quando a garotinha vai visitar o pai, ela também passa o tempo com a namorada dele, Whitney.

Audrey precisava desabafar sobre o assunto, então ela escreveu uma carta aberta à nova mulher do seu ex e postou no Facebook:

Essa é a namorada do pai da minha filha. A coisa mais fofa! Eu sou super grata por ela porque, quando minha filha visita o pai, ela lhe dá comida, cuida dela, lhe compra presentes, e basicamente toma conta dela como se fosse sua própria filha. Por que tantas mães agem de maneira tão rancorosa e ciumenta com outras mulheres? NINGUÉM disse que é fácil tentar ser uma mãe para uma criança que você não teve. Então, quando algumas tentam, não as afaste! Porque elas NÃO precisam do drama, elas IRÃO embora, e aí você ficará presa com alguém que é a madrasta má. Sim, elas existem! Eu as vejo por todos os lados! Uma criança pode ter duas mães porque, a meu ver, quanto mais pessoas a amarem, eu fico feliz! Eu nunca a farei se sentir uma intrusa. Eu sou extremamente grata por essa menina. Moças, amadureçam e foquem em ser boas mães. Amem mais, odeiem menos!

Mãe de 24 anos escreveu uma carta no Facebook para a nova namorada do seu ex. Ela tocou tantas pessoas, e bateu direto no coração.A jovem de 24 anos também sabe do que está falando. Ela mesma cresceu em uma família não tradicional. Ela sabe que é difícil “dividir” sua filha com outra pessoa, pelo menos no início: “É claro que é difícil. Você tem uma criança e seu lado mamãe urso aflora”, explicou Audrey. No começo, ela se sentiu insegura: “Eu escrevia uma lista enorme para Whitney. Mas o fato de que alguém está lá amando minha filha… eu estou em paz sabendo que ela está sendo cuidada. Quanto mais pessoas amarem seu filho, melhor.”

Que grande atitude!

você pode gostar também
Comentários
Loading...