Usos Medicinais da Pimenta Caiena

As ervas e plantas possuem diferentes usos e propriedades, seja para os cuidados de saúde, beleza ou inclusive para culinária. No artigo de hoje vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre o capsicum ou pimenta caiena e suas propriedades medicinais, assim como você pode utilizá-la no seu dia-a-dia aproveitando todos os seus benefícios e propriedades.

A pimenta Caiena é muito comum em vários países do mundo, especialmente no México e na América Central e grande parte da Ásia. Mas, além do seu sabor e do tempero que fornece a comida, quais propriedades nos fornece para a saúde? Em muitos lugares, tem sido usado tradicionalmente de maneira tópica por suas propriedades analgésicas e tem servido de apoio para aliviar dores musculares e de doenças reumáticas. Mas realmente funciona? Exploremos…

O capsicum é o que comumente conhecemos como pimenta caiena, pimenta  picante em diversas espécies e formas, também pode ser chili, pimenta caiena e páprica, entre outros. Tem sido usado popularmente em diferentes culturas tanto em receitas culinárias como na medicina tradicional por suas propriedades curativas.

O extrato de capsicum contém capsaicina, uma substância que possui a capacidade de diminuir a sensação de dor e inflamação, ao ser aplicado topicamente. A apresentação mais comum do capsicum é em forma de cremes e pode ser utilizado para o tratamento de dores musculares, articulares e reumáticas. Utiliza-se uma pequena quantidade de creme, aplicado através de uma massagem suave na área afetada.

A capsaicina tem esses poderes tão fortes, que chegou a ser comparada com a mescalina (presente em algumas plantas chamadas enteógenas, que podem chegar a gerar alucinações). Quando comemos muito picante significa que podemos ter uma sensação de tontura ou de estar sedado. Portanto, se sente mais ou menos o efeito que pode causar o ingrediente ativo da pimenta ou capsicum.

Para Que Serve a Pimenta Caiena?

Usos Medicinais da Pimenta Caiena

Sua administração tópica poderia ajudar em casos de dor por artrite reumatoide ou osteoartrite, mas não cura a doença. Também tem sido utilizado na dor causada pela neuralgia pós-herpética (causada pelo herpes zoster).

Aplicado sobre a pele chega-se a utilizar para reduzir as dores musculares da parte inferior das costas, e aplicado aos pontos de acupuntura, poderia ajudar a reduzir as dores e a náusea pós-operatória.

O capsicum é usado para diferentes condições, no entanto, a evidência científica de que ajuda para as seguintes condições não está clara: neuropatia diabética, perda de peso, dor de garganta, como estimulante, enxaqueca, cólicas, sintomas da febre do feno ou rinite alérgica.

Os cremes e loções que contêm extrato de capsicum são bastante seguros para a maioria dos adultos quando aplicados topicamente (localmente). Alguns efeitos colaterais poderiam ser irritação da pele, prurido e ardor (você deve ter muito cuidado se também tem uma pele muito sensível ou é alérgico a qualquer outro fruto da família das pimentas, as Solanaceaes). É preciso evitar aplicá-lo em feridas. Esta substância pode ser extremamente irritante para os olhos, nariz e garganta. Você não deve usá-lo ao redor dos olhos ou se tem pele sensível.

O capsicum é seguro quando se consome durante períodos curtos e nas porções comuns presentes no alimento. Quando usado desta forma, as reações poderiam ser irritação do estômago, sudorese, rubor facial e coriza. Seu consumo por períodos prolongados e em grandes quantidades poderia causar danos ao fígado e aos rins.

A inalação de capsicum pode irritar as membranas mucosas. Se você usá-lo no nariz pode provocar corrimento nasal, queimadura, espirros e tosse. Esses efeitos diminuem ou desaparecem após vários dias de uso.

Precauções sobre o uso pimenta caiena:

Durante a gravidez e a lactação, seu uso tópico é seguro, embora deva ser supervisionado por um médico. No entanto, ingerido não existe suficiente evidência científica que demonstre sua segurança, por isso é melhor não tomá-lo. É importante levar em conta que tem havido casos de dermatite em bebês lactentes quando as mães consomem alimentos altamente temperados com pimenta e outros tipos de irritantes.

A aplicação tópica de capsicum em crianças menores de dois anos não é segura, por isso deve-se evitar. Da mesma forma, não existe evidência de que seja seguro que seja consumido por crianças pequenas, por isso não devemos dar-lhes esse alimento.

Não devem ser usados produtos de capsicum sobre a pele irritada, com prurido ou danificado, tampouco sobre feridas abertas.

Se você tem programada uma cirurgia, é importante que suspenda o seu uso pelo menos duas semanas antes da data, pois pode aumentar o sangramento durante a operação e tampouco você deve usá-lo se toma anticoagulante, pois poderia aumentar suas propriedades.

Evite qualquer contato do creme de capsicum com os olhos, orelhas e outras áreas sensíveis. Se o produto chegar a entrar em seus olhos, lave-os com água fria e procure um médico se sua visão está turva ou se o ardor não diminui.

Certifique-se de lavar bem as mãos após a aplicação de cremes com capsaicina. Se não é suficiente com água, experimente com uma solução feita a base de vinagre.

Se você já teve reações alérgicas com os chilis, não deve usar produtos que contenham capsicum.

Não aplique calor na área que está tratando com capsaicina, pois pode aumentar a ardência e irritação. Não utilize creme de capsicum mais do que três ou quatro vezes por dia, o seu uso excessivo pode aumentar o risco de efeitos colaterais.

Se você sente ardência, evite tomar banhos quentes após o uso de produtos com capsicum.

Quando utilizado por via oral, o capsicum pode provocar irritação gastrointestinal, irritação na boca e na garganta, assim como danos nas papilas gustativas, flatulência (gás) e dor de estômago.

Interações: Como mencionamos anteriormente, os medicamentos com propriedades anticoagulantes interagem com o capsicum, por isso poderiam aumentar o risco de sangramento, se usado ao mesmo tempo. Alguns destes medicamentos incluem ibuprofeno, naproxeno, diclofenaco, entre outros.

A cocaína interage com capsicum e pode aumentar os efeitos secundários desta droga, incluindo ataques cardíacos.

A teofilina é outra substância que interage com o capsicum, assim você deve ter cuidado se toma algum medicamento com este componente. A capsaicina pode aumentar os efeitos secundários da teofilina.

O capsicum poderia aumentar o risco de desenvolver tosse se você estiver tomando um dos medicamentos para a pressão arterial do grupo dos inibidores da enzima de conversão da angiotensina (como lisinopril, captopril, enalapril, etc.).

Os medicamentos que reduzem o ácido do estômago (tais como ranitidina, famotidina, omeprazol, Maalox, Tums, etc.) poderiam ser menos eficazes.

O capsicum poderia ajudar a reduzir a dor quando aplicado localmente na osteoartrite e nas condições mencionadas. Mas se não melhorar, é importante consultar o seu médico. Tal como acontece com todos os suplementos, embora se aplique em forma de pomada, é importante informar o seu médico, de preferência antes de usar, mas sempre se você estiver usando. Qualquer um pode ter efeitos secundários e/ou interações com outros suplementos, ervas ou medicamentos.

Relacionados:

Comentários

Loading...