Pai se recusa a comer ao lado de uma criança com a síndrome de Down – então, o garçom fez ISSO!

Infelizmente, ainda existem muitas pessoas cruéis no mundo que zombam e desrespeitam aqueles que não podem se defender, incluindo pessoas com deficiência. E isso é ainda mais difícil de suportar quando acontece com crianças inocentes, que só veem o bem no mundo. Milo é um menino com Síndrome de Down, de 5 anos de idade, que vive no Texas. O garoto vai muitas vezes comer fora com a sua família.
 

Um dia, enquanto estava a jantar, ele teve uma experiência muito ruim. Felizmente, um dos empregados do restaurante teve uma atitude maravilhosa que salvou toda a situação!
 

Pai se recusa a comer ao lado de uma criança com a síndrome de Down – então, o garçom fez ISSO!
A criança estava a comer na mesa habitual com seus progenitores, quando alguns clientes se sentaram ao lado deles. De repente, o pai da família junto de Milo teve um comportamento desagradável: ele pediu para mudar de mesa, porque não conseguia suportar a presença do garoto a seu lado. O homem chamou o menino de doente, dizendo que o seu comportamento não era aceitável.

O primeiro garçom mudou a família de local, pensando que isso ia acalmá-los. Mas o pai continuou com as suas palavras desagradáveis. Ele gritou que os deficientes não tinham lugar ali, e que o restaurante era feito para as pessoas “normais”.

Um dos garçons, chamado Michael, ficou simplesmente revoltado com a situação. Foi aí que ele resolveu fazer algo maravilhoso: colocar aquela família na rua. Mesmo que isso lhe custasse o emprego, o homem não conseguia tolerar aquele comportamento!

Todas as pessoas presentes no restaurante aplaudiram a decisão daquele herói.
Pai se recusa a comer ao lado de uma criança com a síndrome de Down – então, o garçom fez ISSO!
Se todos nós tivéssemos a coragem de Michael, o mundo seria certamente bom. Não concorda?

Comentários