Juíza decreta prisão de tatuador e amigo que tatuaram testa de bandido

Jovens foram detidos sob acusação de tortura e tiveram a prisão preventiva decretada neste sábado (10).

Circulou nas redes sociais um vídeo com um ladrão menor de idade sendo tatuado em sua testa após o mesmo ser pego invadindo uma residência, segundo informações preliminares sobre o criminoso. Depois que as imagens viralizaram nas redes sociais, o tatuador responsável por ter feito a tatuagem na testa do meliante chamando-o de ladrão e vacilão acabou sendo preso junto com seu vizinho que fazia a filmagem do adolescente.

O caso aconteceu em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo e às primeiras informações diziam que o adolescente tinha invadido a residência do homem junto com outro adolescente que conseguiu escapar das mãos do tatuador. Mas segundo novas apurações, o adolescente tentou furtar uma bicicleta na região que Ronildo Moreira de Araújo, 29 anos, mora.

Além de Ronildo, Wesley Carvalho dos Reis, 27 anos, também foi preso em flagrante acusados de tortura na noite desta sexta-feira (9), no mesmo dia em que o vídeo foi compartilhado por Wesley pelo WhatsApp. A partir daí que o vídeo viralizou e foi parar em vários veículos de comunicação, sendo um dos assuntos mais comentados deste final de semana nas redes sociais.

Os dois estavam no centro de São Bernardo do Campo no momento em que foram abordados por policiais que levaram o tatuador e seu vizinho sob custódia, sendo na tarde deste sábado (10) a detenção dos dois transformada em prisão preventiva dos jovens.

Foi Maycon que fez o vídeo que foi compartilhado nas redes sociais, enquanto Ronildo tatuava o adolescente. A responsável por decretar a prisão dos envolvidos foi a juíza da Vara Criminal da Cida, Inês Del Cid.

Quando os policiais foram averiguar informações sobre o menor infrator, descobriram que ele estava desaparecido desde o dia 31 de maio, muito antes da tentativa de roubou e da tatuagem, que aconteceram na última sexta-feira (9). Os familiares do adolescente reconheceram o jovem nas imagens que foram compartilhadas nas redes sociais, após receberem o vídeo com o criminoso sendo tatuado.

Os familiares procuraram as autoridades para saberem do paradeiro do menor, que segundo seus parentes, é usuário de drogas e possui problemas psicológicos. Foi a família que disse onde o tatuador estava quando ele foi detido junto com seu amigo perto do local que eles viviam antes de serem detidos. O jovem continua desaparecido do local e ninguém sabe por onde ele anda, segundo informações repassadas pelas autoridades aos familiares.

Sendo que o tatuador e seu amigo disseram que depois que tudo aconteceu, o adolescente foi colocado em liberdade pelos dois que agora estão presos sob acusação de tortura.

Relacionados:

Através da G1

Comentários

Loading...