Hábitos que podem prejudicar seu coração

Ignorar o seu ronco

O ronco pode ser muito mais que um incômodo aos ouvidos alheios. Pode ser sinal de apneia obstrutiva do sono. Esta condição se define quando a respiração é interrompida durante o sono, podendo aumentar rapidamente a pressão arterial. Embora as pessoas com sobrepeso ou obesas tenham maior risco de desenvolver o problema, os magros também devem ficar atentos. Então, preste atenção: se você ronca e muitas vezes acorda se sentindo cansado, converse com seu médico.
Tomar remédios para emagrecer sem prescrição médica

As fórmulas emagrecedores milagrosas, que prometem aumentar a saciedade e diminuir a circunferência abdominal, além de serem muitas vezes enganosas, são perigosas, principalmente para o seu coração. Muitas delas têm componentes psico e termoativos, que podem provocar taquicardia e hipertensão.

Hábitos que podem prejudicar seu coração

Não usar fio dental

Não basta só escovar os dentes, tem que passar fio dental! Embora a razão exata ainda seja desconhecida, há uma forte ligação entre doença gengival e cardíaca. Como o fio dental alcança espaços pequenos, ele consegue retirar restos de alimentos que são impossíveis de sair apenas com a escova. Quando há acúmulo de alimento, existe o risco de proliferação de bactérias que, ao longo do tempo, pode progredir para placa e levar à gengivite. A inflamação pode provocar até mesmo aterosclerose.

Beber refrigerante light

Se você acha que está fazendo uma dieta saudável por ter trocado o refrigerante normal pela versão light, ledo engano. Estudos apresentados em uma conferência da Associação Americana de Diabetes demonstraram que o consumo regular de refrigerantes light resultou em um aumento de até 70% na circunferência da cintura se comparado com aqueles que não consomem este tipo de bebida. Sem contar que essas bebidas contêm quantidades significativas de sódio: cada latinha de 350 ml contém 49mg de sódio, o que representa 2% da quantidade ideal para ser consumida diariamente.

Ficar na frente da TV por horas

Você é daqueles que gosta de aproveitar o final de semana para ficar horas e horas assistindo um bom filminho, sem ter que fazer absolutamente nada que exija mais do que regular o volume da TV? Pois bem, isso pode até parecer algo inofensivo, mas… não é. Ficar sentando na frente da TV por muito tempo aumenta o risco de ataque cardíaco e AVC (acidente vascular cerebral), mesmo se você se exercita regularmente. Por quê? A falta de movimento pode afetar a circulação sanguínea e, consequentemente, aumentar os níveis de gorduras e açúcares no sangue.

Esta informação não deve nunca substituir o conselho de um médico se você tem alguma dúvida, consulte o seu médico.

Gostou? COMPARTILHE!! 

Relacionados:

Comentários

Loading...