Criança indiana de 17 meses é encontrada bebendo leite de sua mãe MORTA

Esse fato ocorreu em Madhya Pradesh, na Índia. A polícia havia sido chamada para verificar o cadáver de uma mulher encontrado mais cedo ao lado de uma linha férrea.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram uma multidão ao redor do cadáver, incluindo um bebê de 17 meses, que, sem saber que a mãe estava morta, chorava e se amamentava dela.  Monu Balmiki, 27 anos, que testemunhou a cena, disse: “Vimos uma mulher deitada perto da via férrea e informamos a polícia”.

Criança indiana de 17 meses é encontrada bebendo leite de sua mãe MORTA

Mas, quando chegamos mais perto do corpo vimos uma criança ao lado dela, chorando e bebendo seu leite”, continuou. “Isso trouxe lágrimas a nossos olhos”. Segundo o chefe da Polícia Rodoviária, Nand Ram, a criança estava chorando por sua mãe e por não receber qualquer resposta dela. “Ele a segurou e começou a beber seu leite”. Ficamos chocados ao vê-lo”, disse o policial. “Foi muito triste. A mulher estava deitada morta, enquanto a criança não tinha um arranhão. Isso é algo que nunca vimos antes, foi emocionante para todos nós”.  Criança indiana de 17 meses é encontrada bebendo leite de sua mãe MORTAUma investigação está em curso para determinar a causa da morte. A polícia suspeita que ela tenha sofrido um acidente, uma vez que estava sangrando pelo nariz e orelhas. Estamos tentando localizar o endereço da vítima para descobrir mais informações e notificar sua família”, disse Ram. A criança foi levada a um hospital próximo para ser examinada, e o Comitê de Bem-Estar da Criança da Índia, uma forma de serviço social em apoio ao menor, foi informado.

Um porta-voz do hospital informou que a criança estava bem, embora estivesse sofrendo de um resfriado. Ele não teve outras complicações, mas vamos ficar de olho para ter certeza de que ele se curou”, acrescentou, dizendo que estavam sendo feitos arranjos para que o menino fosse levado a um orfanato até que sua família fosse localizada.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

Comentários