BAU DAS DICAS
As melhores DICAS estão aqui!!

Criança com enxaqueca. Saiba identificar e veja a melhor forma de ajudar

As dores causadas por enxaquecas são consideradas uma das mais intensas, chegando até mesmo a atrapalhar o cotidiano de quem sofre com o problema. Se os incômodos são difíceis de serem suportados por adultos, em crianças os efeitos podem ser ainda mais dolorosos. Segundo reportagem do jornal “The Washington Post”, cerca de 10% das crianças nos EUA são afetadas por enxaquecas.

Sintomas de enxaqueca

Dor latejante, náuseas, sensibilidade a som e luz, visão turva e tonturas são alguns dos sintomas que indicam enxaqueca e aproximadamente 60% dos pacientes apresentam os sinais 24 horas antes das crises.

Criança com enxaqueca. Saiba identificar e veja a melhor forma de ajudar

Causas de enxaqueca

Entre as causas da enxaqueca estão baixas taxas de açúcar no sangue, desidratação, privação de sono, estresse, alterações hormonais e até mesmo alergias a determinados alimentos. Comidas gordurosas, carnes processadas, frutas cítricas e chocolate são alguns dos gatilhos para a enxaqueca que devem ser consumidos com moderação por quem sofre do problema.

O que fazer quando a criança sofre de enxaqueca

Criança com enxaqueca. Saiba identificar e veja a melhor forma de ajudar

Os pais possuem papel importante no tratamento de crianças com enxaqueca, ajudando a identificar os sinais de alerta precoce para que elas consigam combater e aliviar mais rapidamente o problema.

Uma boa solução é pedir para que seu filho mantenha um diário dos alimentos que comeu e outros fatores que provocaram a enxaqueca, especificando os sintomas e duração das dores. Durante um mês, vale cortar do cardápio comidas conhecidas por causarem o incômodo para verificar se ocorreu redução de frequência e intensidade.

Turbine o cardápio do seu filho com salmão, nozes e outras fontes de boas gorduras e ômega 3 que, de acordo com pesquisas, podem reduzir em até 50% da frequência ou gravidade de crises de enxaqueca.

Mantenha a criança sempre bem alimentada para evitar queda de açúcar no sangue e verifique se ela está dormindo a quantidade de horas considerada suficiente para idade e preste atenção ainda se seu filho tem um sono de qualidade.

Gostou? COMPARTILHE!! 

Relacionados:

Comentários
Loading...