Como aliviar a dor nas articulações

A dor nas articulações condiciona muito o nosso dia-a-dia. Quando se trata de uma dor crónica, pode prejudicar também nossas relações sociais, devido às alterações de humor constantes.

As principais causas estão associadas a artrite ou gota e podem ter origem em ossos quebrados, distensões, alguma lesão, fibromialgia, leucemia e lúpus. A verdade é que a maioria desses problemas são muito difíceis de suportar, contudo a prática de exercícios adequados juntamente com a medicina alternativa podem ajudar a superar as dores.

Há muitas opções naturais que podem ajudar no alívio das dores nas articulações. É o caso de antibióticos naturais como o gengibre, açafrão e alho, porém, antes é preciso saber o que não devemos comer.

10 alimentos a evitar caso sofra de dor nas articulações

Açúcar refinado

Como todos sabemos, o açúcar tem uma grande influência na questão de aumento de peso. Este fato contribui para a pressão sobre as articulações e causa muitas dores. O açúcar aumenta também a liberação de citocina que se trata de um forte agente inflamatório.
Produtos com muito açúcar, como é o caso dos refrigerantes, contribuem para o aumento de artrite reumatoide.
Tente evitar doces, tortas, cereais e sempre que tiver que usar o açúcar, tente substituir por adoçantes naturais, melaço ou mel.

Glúten

Diminua ao máximo o consumo de alimentos com glúten, pois como têm propriedades inflamatórias, piora as dores e inflamação.

Carnes processadas industrializadas

Alimentos como mortadela, presunto, bacon e salsicha, incluem purinas, nitritos e outras substâncias químicas que aumentam a intensidade de inflamação. Estas carnes são muito tóxicas e são responsáveis pelo aparecimento de alguns tipos de câncer.

Farinha refinada e grãos

Têm um alto índice glicêmico, são deficientes em fibras e vitamina B e aumentam o risco de doenças cardíacas, câncer e doenças degenerativas, como os diabetes.

Lacticínios

Os produtos lácteos intensificam a dor nas articulações devido à presença da proteína caseína. Esta proteína contribui para a irritação do tecido que envolve as articulações.
O leite e derivados aumentam a dor porque contêm gorduras saturadas.
Substitua o leite por leites vegetais como o de gergelim e o de amêndoas.

Ovos

Quando estamos com uma inflamação devemos evitar os ovos devido ao ácido araquidônico, presente na gema. Esta é muito ruim para as inflamações, pois contém muita gordura saturada.
Caso esteja com uma inflamação coma apenas a clara do ovo.

Cerveja

A cerveja, para além de ter glúten e toxinas prejudiciais para o corpo, contribui também para o desenvolvimento de artrite e gota. Isso acontece porque a purina é convertida em ácido úrico, o que pode levar à inflamação.

Óleos refinados

O óleo de girassol, milho, de soja e canola devem ser evitados pois são muito inflamatórios e podem desenvolver várias doenças.
Deve substituí-los por óleos com substâncias anti-inflamatórias, como o óleo de linhaça, abacate, coco, gergelim e de oliva, mas que devem ser prensados a frio.

Alimentos com glutamato monossódico

Este aditivo alimentar reforça o sabor dos alimentos congelados, como é o caso de comida chinesa, sopas, molhos para saladas de supermercado e batata frita congeladas.
Como é um aditivo artificial, é péssimo para quem sofre de artrite reumatoide e fibromialgia.
A maioria dos alimentos congelados e embalados contém esse aditivo artificial. Substitua-os por alimentos frescos e preparados em casa.

Sal de cozinha

O sal comum desequilibra os fluidos corporais e, para além disso, não contém minerais necessários para o bom funcionamento do corpo, como é o caso do fósforo, silício e magnésio.
Garanta uma boa absorção do cálcio pelos ossos e evite osteoporose e fraturas, substituindo o sal comum pelo do Himalaia ou de Guérande.

Relacionados:

Comentários

Loading...